Listas Notícias 

As mulheres mais gatas do Metal

vulcano-sex-shop-rock-860x90

Que existem mulheres super talentosas neste gênero, todo mundo sabe. Mas quais são as referências atualmente? Quais são aquelas que dão as cartas e dominam a cena por onde passam? Tentamos fazer uma lista com as principais. Lembrando que não estamos levando em conta quem é melhor ou pior, mas sim a capacidade de mobilizar fãs e admiradores por todo o mundo.

 

Tarja Turunen

tarja-turunen

Tarja Soile Susanna Turunen Cabuli; Sem dúvida uma das mulheres mais famosas no meio. Sua voz e seu rosto foram, durante muito tempo, uma das assinaturas da banda Nightwish (1996-2005). Após sua polêmica saída (demissão) do Nightwish em 2005, a finlandesa fortaleceu ainda mais seu nome através de sua carreira solo.

 

Floor Jansen

thumb_525_auto

Chegamos na primeira holandesa da lista. Essa, tem um currículo invejável. Começando em 1997 com a competente banda After Forever até a separação da banda em 2009. No mesmo ano, criou a banda ReVamp que durou até 2016. No meio dessa história toda, assumiu a frente do Nightwish em 2013 e se manteve por lá até agora. Floor é bastante querida e respeitada, principalmente pela sua versatilidade vocal.

 

Simone Simons

600full-simone-simons

Simone Johanna Maria Simons; Mais uma holandesa na lista. Cantora lírica mezzosoprano e compositora, Simone é a cara da banda Epica. Aliás, é muito difícil pensar na banda sem associar a vocalista. Um fato curioso , é que a banda Epica é foi formada por um ex-membro do After Forever (banda citada logo acima), Mark Jansen.

 

Cristina Scabbia

48ab488b116cb0597e36320d006a0348

Cristina Adriana Chiara Scabbia; Temos o primeiro nome da Itália. Vocalista do Lacuna Coil, Cristina é um dos grandes nomes, principalmente por ser uma das percussoras em seu sub-gênero (entre o gótico e alternativo). É vocalista da banda desde 1997. Possui uma voz bem versátil também e muito característica.

 

Sharon den Adel

e718ee92a1d00a7bb29793f0d024c213

Sharon Janny den Adel; A lista de holandesas só cresce nesse post. Sharon estudou moda e trabalhou no ramo durante três anos enquanto cantava em um coral holandês. Em 1996, fundou o Within Temptation ao lado do instrumentista Robert Westerholt. A banda é conhecida no mundo inteiro e é uma influência em seu gênero.

 

Maria Brink

20130519-JTGPhoto-11-L-500x400

Maria Diane Brink; Americana, Maria é vocalista da banda de metal-core “In This Moment“. Fundou a banda em 2005, com o guitarrista Chris Howorth. Duas coisas chamam muita atenção nesta artista. Primeiro: seu vocal que pode ser tanto limpo quanto gutural. Suas músicas fluem desde algo mais alternativo e dramático, até elementos mais pesados e obscuros. E, em segundo lugar: além de sua capacidade vocal, Maria tem uma criatividade artística bastante ímpar. Sempre apresenta mudanças de um álbum para outro. Além de assumir a direção de vários clipes, vale citar os álbuns “Blood” (2011) e “Black Widow” (2014) que elevaram a banda a um patamar diferente e mostra uma evidente liderança da vocalista no trabalho como um todo.

 

Angela Gossow

aeangela

Angela Nathalie Gossow; Primeira representante alemã da nossa lista. Angela foi vocalista da banda sueca “Arch Enemy” (2000-2014) e seus vocais também vão desde os mais limpos até o gutural voltado ao Death Metal. Uma curiosidade sobre Angela, é sobre sua história de vida. Tendo uma adolescência bastante complicada, passou por distúrbios alimentares (não conseguimos confirmar ao certo, mas normalmente são citados anorexia e bulimia) e conseguiu após muita luta, vencer suas dificuldades. Além de ser uma referência como artista, é também uma referência como pessoa para muita gente.

 

Liv Kristine

6615117

Liv Kristine Espenæs; Fundadora e vocalista da banda Leave’s Eyes, Liv Kristine representa a Noruega nesta lista. Com uma pegada entre o metal sinfônico e o folk, além de lançar 6 álbuns entre 2004 e 2015 com o Leave’s Eyes, ainda tem sua carreira solo com mais 5 álbuns entre 1998 e 2009. Liv Kristine tem, também, uma lista de participações especiais em diferentes bandas como: Atrocity, Cradle of Filth, Delain, Das Ich, Eluveitie, entre outras.

 

Anne Nurmi

lacrimosa-sehnsucht-06

Anne Marjanna Nurmi; Mais uma representante da Finlândia. Anne Nurmi é vocalista, tecladista, compositora e líder da banda Lacrimosa ao lado de Tilo Wolff desde 1993, quando foi convidada por Wolff a fazer parte de seu projeto. Lacrimosa é uma banda que tem uma aparência bastante teatral em todos os aspectos, desde sua música que mistura elementos de rock e metal com verdadeiras orquestras sinfônicas e alguns elementos eletrônicos. Anne é responsável também por desenhar as roupas e adereços utilizados por ela e por Tilo Wolff.

 

Anette Olzon

q931H6X6

Anette Ingegerd Olzon BlyckertPrimeira representante da Suécia na lista, Anette ficou bastante conhecida por sua participação na banda Nightwish (2007-2012). Após a polêmica saída de Tarja Turunen, Anette assumiu uma grande responsabilidade e mudou bastante a cara do Nightwish dividindo os fãs da banda entre aqueles que prefiriam a Tarja (citada no início desta lista) e os que preferiam o Nightwish pós-Tarja. Com uma voz diferente da sua antecessora, Anette trouxe possibilidades diferentes para a banda. Entretanto, assim como Tarja, teve uma polêmica saída (demissão) da banda. Atualmente, Anette segue sua carreira solo entre outros projetos.

 

Amy Lee

Amy-Lee-Divulgação

Amy Lynn LeeVocalista, pianista, compositora e única fundadora do Evanescence remanescente na banda. Cara e voz da banda, Amy Lee conseguiu algo que poucos no rock ou metal conseguem, atingir a grande massa. Entre os anos de 2003 e 2004, a banda conseguiu ficar no topo de várias rádios pelo mundo, deixando muita gente do pop para trás. É claro que muita gente se incomoda porque é difícil dar uma nomenclatura para uma banda como Evanescence. Alguns dizem que não é rock, nem metal, mas a verdade é que Amy Lee tem uma imagem consolidada e mesmo tem lançado apenas 3 álbuns com a banda entre (2003-20017), ainda lota shows e consegue manter sua carreira.

 

Carly Smithson

x50aw91p

Carly Sarah Hennessy; A irlandesa e finalista da quinta temporada do American Idol em Las Vegas, Carly ficou conhecida pela sua capacidade vocal. Mas houve mais um fator que a trouxe ao grande público. O Ex-fundador do Evanescence (Ben Moody), resolveu criar uma nova banda com o som muito similar ao album Fallen, lançado em 2003 por ele e Amy Lee no Evanscence. Não satisfeito, chamou um dos guitarristas e o baterista do mesmo Evanescence para o seu novo projeto, deixando Amy Lee praticamente sem banda. Ben e Amy tinham vários problemas pessoais com várias declarações polêmicas de Amy ao longo de sete anos. A nova banda de Ben Moddy se chamaria “We are the Fallen” e a vocalista foi ninguém menos que Carly Smithson. A banda lançou seu primeiro e único álbum em 2010 “Tear the World Down” e Carly mandou muito bem, mostrando que não havia espaços para comparações entre ela e Amy Lee. Estilos diferentes. Bandas diferentes. Pessoas diferentes. O problema de Bem e Amy, eram apenas deles. Carly esteve além disso o tempo todo.

 

Alissa White-Gluz

f828a26e5f7a4f828f9fb910461c4bb2

Cantora canadense e vocalista da banda Arch Enemy desde 2014, Alissa tem um vocal gutural bastante intenso. Apesar do rosto de menina, sua voz não tem nada de doce ou delicado. Ela fundou sua antiga banda The Agonist (2004) onde permaneceu até sua transferência para Arch Enemy. Assim como sua antecessora, Angela Gossow, Alissa também segue o estilo de vida “straight-edge”, além de ser defensora da ética vegana.

 

Doris Yeh

Doris-Yeh-chothonic

Na maioria das vezes, as mulheres assumem o vocal em uma banda de metal. Isso é algo muito comum no ocidente que varia desde questões a sub-gênero ou talento musical, até mesmo estéticas. Mas do outro lado do mundo também existe muita gente competente. Queremos falar aqui da taiwanesa Doris Yeh, baixista e uma das lideranças da banda de Death-Metal Sinfônico “Chthonic“. Doris tem uma importância que transcende sua carreira musical em Taiwan. A banda Chthonic tem um forte engajamento político em Taiwan e lidera vários protestos pelo país tendo, recentemente, eleito o vocalista da banda Freddy Lim a um cargo político. Um ponto bastante interessante é que Doris fez um ensaio fotográfico pintando por seu corpo, mensagens que pediam a liberação do Tibete das forças militares chinesas. A banda Chthonic já se apresentou algumas vezes no Wacken e já fez pelo menos duas grandes turnês pela europa, ásia e américa do norte.

 

Kuroneko

Onmyouza - Soukoku-Doukoku

Para finalizar a lista, mas sem sair da Ásia, separamos um espaço para a vocalista Kuroneko da banda japonesa Onmyoza. A banda onde todos os membros usam kimonos para se apresntar, traz uma mistura de hard-rock com heavy metal tradicional bem interessante, mas a mistura que funciona mesmo é o estilo vocal de Kuroneko. Com técnicas do canto tradicional japonês (enka), Kuroneko traz elementos muito diferentes que faz do som da banda, algo único. Seus duetos com o baixista que também se aventura nos vocais, são muito interessantes de se ouvir e vale bastante a pena. Uma curiosidade, Kuroneko é um pseudônimo da vocalista e significa “Gato Preto”. É bastante comum em bandas do oriente assumirem pseudônimos e ocultarem seus nomes de nascimento.

Isso é tudo por hoje.

O mais interessante é que a lista é imensa.

E aí? O que achou? Sentiu falta de alguém na lista? Sua deusa não está aqui? Deixe o seu comentário!

 

vulcano-sex-shop-rock-860x90

Written by 

Matérias Relacionadas