Entrevistas 

Banda Impéria e sua repercussão do CD “Em dias assim”

A banda “Impéria” lançou o CD “Em dias assim” em 2011. Desde lá muitas coisas aconteceram, levando em conta que já estamos no quadrimestre de 2014, o cd ganhou reconhecimento, clipes foram lançados e com isso várias matérias de destaque em sites, inclusive no Rock de verdade.

Voltamos a falar com a banda para bater um papo sobre a repercussão do trabalho dos caras e, além disso, deixar nossa impressão final sobre o trabalho de estréia.

Rock de verdade: Toda banda utiliza de artifícios para suas composições, tais como, experimentos sonoros , exílio da civilização para mais contato com a natureza e até jogo de palavras para formação da canção. Qual é processo de vocês para a composição das músicas da banda?

Impéria: Totalmente livres. Geralmente alguém aparece com uma ideia e, a partir disso, todos trabalham juntos. Outras vezes a música aparece já praticamente pronta e ai fazemos somente alguns ajustes para que ela expresse nossa personalidade ou algo que o compositor principal sinta necessidade de passar com aquela música em especifico. Hoje vemos que o processo de produção é tão importante quanto o processo criativo, pois a grande dificuldade é sempre tornar real aquilo que passa em nossa mente no momento da criação, desde a música em si, até texturas de timbres e sonoridades

Rock de verdade: Qual foi a proposta do trabalho  e como está sendo o retorno?

Impéria: Nossa proposta com o Em Dias Assim foi a de trazer um trabalho conceitual, criando um paralelo entre o desenvolvimento da sociedade e de um personagem, que pode ser qualquer um de nós. Traçamos uma linha de evolução, passando por momentos muito ruins até o descobrimento de suas capacidades e a aplicação disso tudo na vida desse personagem. Até agora a resposta tem sido muito positiva. Algumas pessoas entram em contato conosco falando sobre a importância que algumas músicas e letras passaram a ter em suas vidas. Isso é nosso objetivo sendo alcançado.

Rock de Verdade: Quanto tempo de banda até o primeiro álbum?

Impéria: Nós começamos a banda muito novos, no inicio da nossa adolescência, em 1996. Naquele momento não tínhamos uma visão mais profissional da música, era tudo pela diversão, como tinha que ser. Já trabalhávamos algumas músicas autorais, mas até pela nossa inexperiência era algo muito distante do que se consolidou como nosso primeiro disco. Foi um processo de aprendizado e amadurecimento para a banda e para nós como pessoas. Em 2011 lançamos nosso primeiro trabalho, o “Em Dias Assim“.

Rock de Verdade: O álbum é de alta qualidade técnica e sonora, a produção foi cansativa?

Impéria: O álbum foi gravado, mixado e masterizado pelo Elias Aftim,no Studio Latitude em São Paulo e a produção ficou por conta do Fernando Magalhães, guitarrista do Barão Vermelho e produtor de bandas como o Detonautas.

Todo o processo de produção foi, na verdade, enriquecedor, pois, logo no primeiro disco tivemos a oportunidade de trabalhar com um dos produtores mais importantes do rock brasileiro. Inicialmente fizemos uma pré-produção, onde tivemos a oportunidade de amadurecer as ideias e quando chegamos no formato desejado iniciamos a produção. Nossa intenção sempre foi a de explorar a personalidade da banda, para que a sonoridade do disco não soasse pasteurizada ou datada. Atualmente estamos começando a compor para o próximo álbum.

EP “Em dias assim”.

A gente também preparou uma resenha (demorou mas saiu) para quem ainda não ouviu o disco, sairá na semana que vem. Quem já quer ter aquela opinião, pode começar a dar o play e aguardar!

Site oficial: www.bandaimperia.com
Reverb Nation: www.reverbnation.com/bandaimperia
Facebook – Fan Page: www.facebook.com/bandaimperia
twitter: @bandaimperia

Written by 

Matérias Relacionadas