Baterista do Stone Sour comenta derrame

 

O baterista Roy Mayorga comentou o derrame que sofreu em 2011 e sua recuperação que durou quase um ano.

 

“Foi assustador. Não podia caminhar, não conseguia mover meu lado esquerdo. Fiquei sem fazer nada relacionado à música por uns sete, oito meses. Depois melhorei, me livrei dos remédios e recuperei a confiança para voltar a tocar a tempo de participar do novo disco. Agora estou com tudo de volta ao normal, o que é um milagre. Agradeço a Deus, o universo e as estrelas por ainda estar aqui, com minha família e ainda podendo sentar no kit de bateria”, declarou o músico ao The Morning Call.

Written by 

Matérias Relacionadas

Deixe um comentário