Bandas Notícias 

Berg Menezes lança single e lyric vídeo de “A Cura (Matt B. Remix)” nas plataformas digitais

O cantor e compositor Berg Menezes acaba de lançar single e lyric vídeo da versão remix de “A Cura (Matt B. Remix)” em todas as plataformas digitais. Ao lado dos músicos Artur Guidugli (percussão e vocais), Álvaro Abreu (bateria), Daniel Calvet (baixo e vocais) e Pedro de Farias (guitarra), Berg apresenta canções que falam sobre dualismos e conflitos, sejam pessoais, sociais ou políticos, sempre com influência do rock brasileiro.

Veja abaixo o vídeo de “A Cura (Matt B. Remix)”:

A versão remix foi produzida por Matt B., que já havia gravado com Berg Menezes o tributo ao cantor Guilherme Arantes, lançado ano passado com a versão de “Meu Mundo e Nada Mais”. Dessa vez Matt B. utilizou experimentações mais eletrônicas e as referências da canção originalmente lançada no disco “Pedra” (2016) e produzida por Igor Miná (Mocker Discos).

Decidi fazer um remix por que essa canção é uma das mais pedidas nos shows pelos fãs e normalmente é bem recebida pelo público que conhece o trabalho. A música fala dos receios e poréns de quem tem seus sentimentos maculados e decide se reerguer, fala sobre redenção e cura. Representá-la de forma ainda mais dançante acho que alcança outros públicos e tenta injetar um pouco de ânimo em tempos de tantas bads”, disse o cantor Berg Menezes.

Em dezembro de 2019, Berg Menezes irá se apresentar em São Paulo com a banda Canil, também de Fortaleza. Mais informações serão divulgas em breve. O cantor possui uma longa trajetória na música. Atuando na cena cearense, em Fortaleza, há mais de 10 anos, o músico participou das bandas Relicário e Os Coadjuvantes, e a partir de 2011 começou sua carreira solo. De lá pra cá lançou quatro trabalhos: os EPs “Imperfeito” (2013) e “Vagabundo” (2014); seu primeiro álbum cheio, “Pedra” (2016); e em 2018 lançou seu mais recente disco, “Qual é a Sua Revolução?”, que foi viabilizado através de uma campanha crowdfunding, amplamente abraçado pelos fãs.

Para o artista, o segundo álbum é a solidificação de sua carreira, que ainda conta com várias participações em festivais como Festival UFC de Cultura, Feira da Música, Ponto.Ce, Garage Sounds e Nóia, dentre outros. Apresentações fora do Ceará, como a Festa da Música, na cidade de Recife e participação em tributos a artistas nacionais como “O Mundo Ainda Não Está ProntoTributo ao Pato Fu” são parte da história do artista.

Written by 

Matérias Relacionadas