Capital inicial e seus fãs não sucumbem a chuva torrencial em Osasco

Em pleno Domingo, dia 28 de fevereiro, em ano bissexto, a quase esquecida concha acústica da Fito na cidade, recebe NX Zero e Capital Inicial.

Com o projeto de tornar Osasco “a capital do rock” no Estado de São Paulo, a cidade realiza a segunda edição do OSASCO ROCK FEST, um dos maiores festivais solidários do Brasil, onde a entrada era apenas 1 litro de leite. Com realização da Prefeitura Municipal de Osasco, produção da Amplitude Produtora & Studio, e apoio Mix FM,

Além dos head liners, os rockeiros de plantão puderam assistir os shows das bandas brazucas: Marrones, Stanka, Del Jaiz, Doravantes e Black Days.

O 1º OSASCO ROCK FEST reuniu mais de 15 mil pessoas, no Estádio Elzo Piteri, em 2013, e arrecadou mais de 7,5 toneladas de alimentos não-perecíveis para o Fundo Social de Solidariedade.

O show do Nx Zero:

Teve início as 17:00, a concha acústica estava bem cheia, o publico era variado, mas no geral tinham muitos adolescentes. A galera curtiu muito e gritou bastante com a entrada dos caras.

Di Ferrero (vocal), Gee Rocha (vocal/guitarra), Fi (guitarra), Conrado (baixo) e Dani Weksler (bateria) estarão acompanhados do músico Rafael Mimi, no teclado, o sexto elemento da banda que já toca com eles desde a gravação do EP.

Seguindo a linha minimalista do disco recém-lançado “Norte”, a banda NX Zero traz a tão aguardada nova turnê para essa 2ª edição do fest: –  “Diferente do último trabalho grande que lançamos, o DVD de 10 anos, o show da nova turnê está mais concentrado, tocando mais juntos e priorizando mesmo a música que estamos fazendo”, conta o baterista Daniel Weksler.

Como divulgado antes, tudo será novo também para a banda. “Essa será a primeira vez que a gente opta por tocar o disco na íntegra em um show”, explica Daniel. Todas as músicas do novo CD estarão no set list da apresentação. Mas não faltam também os grandes singles do grupo como “Só Rezo”, “Razões e Emoções”, “Maré”, “Cedo ou Tarde”, “Onde Estiver”, além da música “Vamos Seguir”, do EP “Estamos no começo de algo muito bom, não precisa ter nome”, lançado em 2014.

“Como o disco “Norte” foi inteiro gravado ao vivo, o que o público verá no show será exatamente o que pode ser ouvido no CD, sem tirar nem pôr”, conta Conrado Grandino. “Vamos apresentar o repertório do disco de maneira orgânica e visceral, do mesmo jeito que as músicas foram concebidas”, completa.

E assim foi. Depois de um grande temporal, o sol se abre para o show do Nx, Di brinca, “Eu disse que ia abrir o sol e tocaríamos muito para Osasco. Em “Modo Avião”, parece ter dado algum problema no som, Di sem frescuras abre a real para o publico e pede um minuto para resolverem, logo continuam com o play e sua seqüência, “Maré”, nessa a galera faz um belo coro junto com eles.

Eles mostraram ao que vieram, fizeram um show equilibrado, cheio de clássicos, foram muito aplaudidos e publico se mostrou muito participativo. Finalizaram por volta das 18:00.

SET LIST:

1. Pedra Murano

2. Não É Normal

3. Bem Ou Mal

4. Modo Avião

5. Maré

6. Ligação

7. Daqui Pra Frente

8. Mandela

9. Cedo Ou Tarde

10. Fração de Segundo

11. Onde Estiver

12. Por Amor

13. Razões e Emoções

14. Vamos Seguir

15. Tombei

16. Meu Bem

17. Hoje o Céu Abriu

18. Só Rezo.

 

Show do Capital Inicial:

As 19:00 o tão aguardado Capital Inicial sobe ao palco da concha acústica em Osasco. Agora a arquibancada de cimento estava entupida de gente,tinham muitas famílias para ver esses mitos. Assim que pisaram no palco, uma forte chuva começou a despencar do céu.

Dinho disse que fariam um lance meio acústico nessa primeira parte do show, e assim foi. Abriram com “Ressurreição”, a faixa que abre o “Acústico NYC”, e que aparece no disco “Das Kapital” (2010), é também uma das músicas preferidas do cantor. Nesse momento já chovia muito, mas no terceiro play “Independência”, a chuva apertou e se tornou literalmente o famoso “pé d’água”. o vocalista estava espantado, ninguém saiu do lugar, todos os fãs estavam ali e parecia que não arredariam o pé enquanto não visses o término do show.

Para quem não conhece, a concha acústica é um local descoberto, o  palco tem um coberto mas não protege completamente os músicos.

Debaixo de chuva, falando vocês são duka, fazem o show na íntegra. Os fãs, nem ai pra situação chuvosa, cantam gritam acenam, e se divertem com esses caras. Bonito de ver. Em “Como devia estar”, uma fã subiu ao palco e beijou Dinho.

Veraneio vascaína” leva a galera á delírio, seguida de “Fátima”, dobradinha de clássicos.

O Bis trouxe as umas das mais poderosas do Capital: “Natasha” e “Primeiros erros”. E se despedem da galera ensopada após duas horas de show e emoção.

Temos que parabenizar essa galera pela garra no palco, e os fãs em Osasco, pela garra em baixo do palco, choveu muito, mas com certeza será um show inesquecível para ambas as partes.

SET LIST

1. Ressurreição

2. Mais

3. Independência

4. A Mina

5. Depois da Meia Noite

6. Como Devia Estar

7. Respirar Você

8. Não Olhe Para Trás

9. Como Se Sente

10. Raio do Céu

11. Melhor do que Ontem

12. Olhos Vermelhos

13. Vai E Vem

14. Me Encontra

15. Á Sua Maneira

16. Nunca Disse Adeus

17. Tempo Perdido

18. Veraneio Vascaína

19. Fátima

20. Quatro Vezes Você.

BIS:

21. Natasha

22. Primeiros Erros.

Line up:

Dinho Ouro Preto – vocal e violão

Fê Lemos – bateria, percussão e backing vocais

Yves Passarel – guitarra, violão e backing vocais

Flávio Lemos – Contra-baixo

 

Agradecemos ao fotógrafo Thiago Almeida, do site imprensa do rock pela concessão dessas imagens.

Deixar comentário(s)

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *