Resenhas Shows 

Dead Fish fez um grande espetáculo em Santos

Sexta-feira chuvosa, 06/06, noite fria. Primeiro  show em Santos da Melodic Attack Tour, que é uma união entre 3 bandas de HardCore Melódico Underground: Same Flann Choice (Santos), Manual (São Paulo) e Pense (BH). Além dessas 3 bandas, ainda convidaram para completar o cast o Bayside Kings (Santos) e o Dead Fish (Vitória – Espirito Santo).

Todos sabiam que o show da noite era do Dead Fish, portanto muitas pessoas começaram a chegar bem tarde.

Após uma mudança repentina no horário das apresentações, a primeira banda a se apresentar e abrir as portas da Tribal Club foi a banda Manual (SP), banda do ex-Dance Of Days/ex-Voiced, Tyello. Primeira vez que eu vejo uma apresentação da banda e posso afirmar que fiquei impressionado com a apresentação espontânea deles. Postura em palco em total sincronismo, souberam interagir com a pouco público que já se encontrava presente no pico.

A segunda banda a se apresentar foi a Pense (BH), que em minha opinião, foi uma das apresentações mais impressionantes que eu já vi na vida. Banda com um publico impressionante, casa razoavelmente cheia já se ouvia muitas vozes cantando junto com a banda que fez uma bela apresentação e não deixou a desejar nem aos que já conheciam a banda e os que não conheciam.

Em seguida foi a vez dos Santistas do Bayside Kings e é uma maravilha poder falar de uma banda que eu gosto tanto, sem querer engrandecer ninguém, mas a apresentação dos moleque foi impressionante como sempre, fique observando o show inteiro com a vontade de participar daqueles Circle Pit, Stage Dives e Moshs que estavam rolando em frente ao palco externo. Essa foi a última apresentação da banda em Santos até lançarem seu próximo trabalho, em Setembro no FUBU Fest.

1:30 da manhã e a penúltima banda a se apresentar era o Same Flann Choice, os caras montavam e regulavam seus equipamentos e já se ouvia algumas pessoas pedindo o hit da banda “Pelo Hard Core”, a banda mais uma vez como tantas outras, me impressionou. Controlaram o público totalmente e sem muitos esforços. A banda realmente é muito boa e merece o espaço que tem dentro do cenário!

Após o show da Same Flann Choice, todos que estavam na parte externa apreciando o show das bandas, foram para a parte interna da Tribal Club e em segundos já estava lotada e mal dava pra se mover, Dead Fish entra no palco por volta das 2:40 da manhã para tocar na íntegra o cd aniversariante, “Zero e Um” comemorando 10 anos de lançamento. A banda como sempre, lotando os picos e fazendo todos os presentes cantar junto e irem à loucura!

Começaram a apresentação com “A Urgência” dropando para “Tão Iguais”. Casa lotada, muito Stage Dives como de costume em um show do Dead Fish! A banda sabe manter o publico em euforia de uma forma surpreendente. O frontman Rodrigo consegue cativar cada um dos presentes. Libertação da alma, total!

3:30 da manhã, show quase no fim, terminando com 4 das minhas musicas favoritas “Paz Verde”, “Mulheres Negras”, “Afasia” e por ultimo “Sonho Médio”.

Written by 

Matérias Relacionadas