Resenhas Shows 

Detonautas faz show com set list especial em São Paulo

Foram seis horas entre ônibus, metrôs, caminhadas e perrengues até chegarmos ao nosso destino, sem saber o caminho e sem contar as incertezas dos dias anteriores que nos movia, motivava e fazia seguir. Tudo deu certo!

Com produção da 89.1A Rádio Rock, O Kazebre foi invadido por um exército de preto. Ambiente agradável, com clima de festival e dois palcos bem distribuídos que reuniu amigos, fãs e famílias.

No palco Bob, a banda Sandrine iniciou a noite com muita atitude e um som mais Hard core. No palco principal, os instrumentos do DRC já estavam em seus devidos lugares, mas foi o cover muito bem apresentado que Renato Rocha (guitarrista do Detonautas) elogiou, Roberto Seixas, que espantou o frio e fez a platéia cantar cantar os sucessos de nosso Maluco Beleza. Enquanto sua apresentação se encerrava e ali deixava a marca de Raul Seixas com “Sociedade alternativa“, no palco Bob outra homenagem a outro grande nome do Rock Nacional: Imunidade Musical tributava Charlie Brown Jr. e as pessoas intercalavam-se entre um palco e outro, prestigiando todas as bandas.

A equipe técnica fez um trabalho ágil em seus últimos reparos e em poucos minutos tudo estava pronto. De longe já podíamos ver o tamanho do furacão que nos rondaria. Um set list com 25 músicas (26 no total). Macca passava seu som ainda com as cortinas fechadas; quando abertas, a banda foi aplaudida e, por volta das duas da manhã, “Forever Alone” incendiava O Kazebre.

Mercador das almas” e “Combate” seguiram com força total, já “Ladrão de gravata” foi cantada por poucas vozes, assim como “Rape me“, do Nirvana. “Quando o Sol se for” reanimou o público e “Você me faz tão bem” é um hino para todos os amantes de música boa, ninguém se calou. “O amanhã” expressou nossa ida ali: a verdade disso tudo é o que nos fez seguir.

Tem som novo na área e os caras já estão trabalhando em cima de “Melhor plantar o bem“, um Reggae contagiante. Um mundo cheio de pressa e o Kazebre sem pressa nenhuma… “Vamos viver“. Dj Cleston, em suas pick ups, soltou “Send u back“, Renato tocando ao lado de Phil, Macca e Fábio em perfeita harmonia e Tico explorando cada canto do palco com sua dança. Prosseguiram com “O dia que não terminou“.

Tico discursou sobre a greve dos professores, apoiando e dedicou a canção seguinte, explicando os quatro atos de “Seja forte pra lutar“, onde se ajoelha e, parte da música, reza o Pai Nosso e Cleston é saudado em meio ao Hip Hop do som. “Sonhos verdes” tornou o show mais dançante. “O inferno são os outros” deu o ar da graça do acústico. Em “Quem é você?“, cantamos a revolta e abrimos os olhos para a questão política.

Na sequência “Tô aprendendo a viver sem você“, “Tudo que eu falei dormindo“, “Olhos Certos” e “O retorno de Saturno“, vi uma platéia emocionada com a lembrança de nosso querido e eterno Netto. Um coro clamava por Rodrigo, e temos a certeza que ele sempre estará presente aonde o Detonautas estiver.

Tico e Cleston deixam o palco, Artur (técnica) toma o lugar de Phil, que domina o microfone: Vocês estão com sono? Tá todo mundo quieto pra caralho! – interpretou “Highway to hell” (AC/DC) excelentemente bem e ao terminar, Tico de volta diz: “Não é que eles estão com sono. Tu que é muito doido!” Ao chamar o amigo Ivan Sader, brincou falando que cantariam um sertanejo universitário, mas mostraram Rock De Verdade com “Killing in the name” (Rage Against The Machine), Alive (Pearl Jam) e “Tudo o que ela gosta de escutar” (Charlie Brown Jr.).

Os momentos finais ficaram por conta de “Só por hoje“, onde a palavra ‘FELIZ’ foi claramente escutada por toda São Paulo de tão intensa que foi cantada. “Outro lugar” fechou com chave de ouro e fãs puderam dar stage dive, empurrados por Tico e mergulhados num mar de gente. No fim, Cleston colocou todo mundo pra dançar ao som de System of a Down. Os seguranças tentaram barrar uma fã que invadiu o palco, mas Tico pegou sua mão e juntos embalaram “Lonely Day“.

Foi um longo show e toda a espera valeu a pena. A banda mescla muito bem os hits antigos com as músicas novas, dando oportunidade a todos para curtirem e conhecerem mais o som do Detonautas Roque Clube.

Somos gratos, mais uma vez, por toda a gentileza de cada um da banda, que sempre nos recebe tão bem, que apoia e acredita no nosso trabalho e nas bandas independentes. A jornada é longa e a saga continua! Viva o Rock Nacional!!

Autora: Mayra Andres
Editor: Will Batera
Fotos: Mikyo
Colaboração: DrcNews

Melhor plantar o bem“, música nova dos Detonautas! Veja!

 

Novo som do Detonautas Roque Clube, nessa madrugada em São Paulo! ”Melhor plantar o bem.” muito foda!!! -Andressa Cristina –

Posted by FC Detonautas – SP on Domingo, 24 de maio de 2015

Written by 

Matérias Relacionadas