Entrevista exclusiva com o Metaleiro

 

Músicas como “Show das Poderosas” e “Quadradinho de Oito” fazem sucesso hoje em dia. Como ? Não faço ideia. Fui ouvir uma dessas canções um dia para conhecer, e me deparei com “Quadradinho 666“, uma versão metal do funk. Entrei no canal do vídeo e vi diversas versões de outras músicas. O Metaleiro era o responsável por isso tudo, e claro, fui procurar o cara para tentar uma entrevista exclusiva. Consegui, e o resultado está logo abaixo:

 

P: Como surgiu a ideia do Metaleiro?

 

R: Então, eu não lembro muito bem, estava assistindo uns vídeos na internet, e pensei “tenho que lavar a louça antes que minha mulher chegue em casa e brigue comigo”.

 

 

P: Você esperava que a repercussão ia ser grande do jeito que é?

 

R: Pra mim foi um baita susto, a primeira vez que apareci num programa de TV foi no Domingo Legal, com “Minha Mulher Não Deixa Não“,
o dono da música assistiu isso tudo ao vivo e na hora achei que eu ia ser processado, mas ele aceitou bem… Eu acho…

 

P: Existe a possibilidade de shows pelo Brasil?

 

R: Sim, existe, e é um grande sonho poder fazer show pra galera que curte os vídeos. Estamos em fase de ensaios e estudando toda a logística da coisa, mas existe a possibilidade sim!

 

 

P: Por trás do personagem, quem tá?

 

R: Por trás de mim ninguém, sou ativo. Quem faz o personagem O Metaleiro é Calone Hoffmann, natural de Florianópolis, músico e compositor há 10 anos.

 

P: Tem alguma banda, algum outro projeto de humor, etc ?

 

R: Toco em 3 bandas aqui da cena underground de Florianópolis, já tive outros projetos de humor, com bandas. Minhas bandas atuais:
www.descarrego.com
www.euthahc.com
www.insubito.com

 

 

P: Qual versão do Metaleiro você mais curte, e qual deu mais trabalho?

 

R: Quadradinho de 666 é a que eu mais curto. A que deu mais trabalho foi Piradinha, eu acho… Tivemos problemas com o Croma Key (fundo azul). Nos vídeos a galera vê só o resultado final, tudo “bonitinho“, mas por traz é uma “gambiarra“, uma super favela… Mas não conta pra ninguém se não vai tirar o encanto.

 

Gostaria de agradecer ao Calone por ter concordado em participar, e com muito bom humor. Valeu !

 


Deixe seu comentário


Rock de Verdade - Todos os direitos reservados
-->