Notícias 

“Me sinto mal por Vinnie Paul”, diz Phil Anselmo

 

Em entrevista à Revolver Magazine, Phil Anselmo falou sobre o reencontro com o produtor Sterlin Winfield. Os dois trabalharam juntos em Reinventing The Steel, último álbum de estúdio do Pantera. “Não sabia que algo tinha ficado ruim entre nós até que falei com ele, alguns meses atrás. Ele acabou ficando do lado de Vinnie Paul após o rompimento da banda. Bebeu muito após a morte de Dime. Agora, dois anos sóbrio, se deu conta que era um ódio infundado”.

 

E mais uma vez a conversa acabou caindo no relacionamento do vocalista com o antigo baterista. “Me sinto mal por Vinnie. As pessoas deveriam ter pena dele. Não estava lá quando Dimebag foi assassinado, mas o cara me considera um participante de tudo. É uma pena que ele não tenha vindo atrás de mim e Rex. Penso que o processo de cura seria bom para ele, ao invés de se manter em sua terapia de uísque e bar de strippers”.

 

Sobre a separação do grupo, Phil refuta responsabilidade total. “Um cara não pode separar uma banda. Por que Rex seguiu do meu lado? Sim, eu cometi erros. Sim, houve falhas na comunicação. Mas dos dois lados. Assumo a minha parte”.

 

Fonte: vandohalen.com.br

Written by 

Matérias Relacionadas