Notícias 

Pearl Jam espalha pôster’s pelo mundo para divulgar o misterioso “Gigaton”

Depois de compartilhar duas imagens enigmáticas no Twitter, o Pearl Jam voltou à rede social para propôr o que parece ser um tipo de caça ao tesouro chamada Gigaton.


Em um tuíte publicado na última sextafeira,(10), a banda escreveu: “Procure o Pearl Jam em cidades ao redor do mundo”, acompanhado de um vídeo em que o símbolo misterioso compartilhado anteriormente aparece espalhado por diversos países.

Um mapa disponibilizado no site do grupo mostra as coordenadas para cada um desses locais onde se encontram esses Gigaton. Algumas das cidades são: São Paulo, Los Angeles, Cidade do México, Paris, Nova York, Toronto e Seattle.

Ao encontrar um desses pôsteres, é possível escaneá-lo com o filtro Gigaton no Instagram. Fazer isso dá acesso à prévia de um som, além de uma animação.

O fotógrafo Paul Nicklen, conhecido por sua fotografia de vida selvagem no Ártico, parece ser responsável pela imagem. Ele comentou a inspiração por trás da foto no Instagram, escrevendo: “Para mim, meu trabalho é atemporal, porque o que eu fotografo não é atemporal. Quando estou gravando, pretendo capturar um momento único que nunca mais ocorrerá novamente.

A caça ao tesouro segue uma enxurrada de atividades nas mídias sociais, com a banda publicando recentemente uma série de imagens abstratas. Apesar dessas provocações, o quinteto ainda não confirmou oficialmente nenhum detalhe do título, lista de faixas ou data de lançamento do álbum.

O momento do 11º álbum de estúdio, que segue o Lightning Bolt de 2013 , faria sentido: o Pearl Jam anunciou recentemente uma turnê européia para junho e julho, e o guitarrista Stone Gossard disse à Rolling Stone em janeiro de 2019 que a banda estava “no meio” de elaborando seu último LP. “Nós apenas continuaremos nos conectando até terminarmos”, disse ele.

O baixista Jeff Ament acrescentou que o grupo organizou “provavelmente quatro ou cinco” sessões de estúdio nos “últimos dois anos“, resultando em uma “tonelada inteira” de músicas inacabadas. “Estamos meio que em um limbo”, disse ele. “Tenho certeza que todo mundo tem mais riffs, que oEddie Vedder tem um punhado de letras de diário. Só vai levar todos nós a entrar em um quarto juntos por seis semanas e apenas nocautear alguma coisa. ”

Written by 

Matérias Relacionadas