Notícias Shows 

PicniK Festival: música, cultura e economia criativa propondo um novo olhar sobre Brasília

Respirar e transpirar, inspirar e transformar. O mantra do PicniK Festival segue ecoando forte pelo país. O festival celebra em 2019 sua quinta edição em formato especial e seu sétimo ano de existência, contabilizando mais de 30 eventos por onde já passaram nomes como Mac Demarco, Boogarins, Thee Oh Sees, Anelis Assumpção, Tulipa Ruiz, Curumin e Bixiga 70. Com 2 dias de duração e diversas atrações musicais, em Agosto o PicniK propõe movimentar novamente a cena alternativa do Distrito Federal e convidar a todos para uma celebração à nossa ancestralidade em pleno fim de semana de Dia dos Pais.

Trazendo um olhar diferente sobre a capital do país, com foco nas muitas ações e projetos positivos que a abraçam, o PicniK Festival une cultura alternativa e economia criativa em uma experiência mágica e inusitada. Moda, arte e design; tatuagens; exposições; gastronomia; ações ambientais; yoga e meditação; teatro; workshops; feira de vinil; acupuntura, reiki e massoterapia; cinema; área para crianças; curas e atividades culturais indígenas acontecem simultaneamente nos múltiplos espaços do evento.

Hermeto Pascoal

A jornada deste ano será no Memorial dos Povos Indígenas, museu dedicado à cultura indígena brasileira, que nos dias 10 e 11 de agosto estará povoado por ações culturais, propostas, cores e aromas buscando a promoção de conexões inesquecíveis e reforçando a importância fundamental da cultura e sua preservação. No palco principal, artistas com trabalhos de evidente importância na cena musical alternativa nacional assumem a guia, alguns destes apresentando shows ainda inéditos na cidade: Hermeto Pascoal, Otto, Ava Rocha, Teto Preto, Felipe Cordeiro, Glue Trip, E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante, Dirty Coal Train (Portugal) e Huey. Experiências sonoras, como as promovidas pelas bandas Sick, Noid, Leza, Apicultores Clandestinos e Ivan Motosserra Surf Trash também têm vez no festival.

Como de costume, o Festival aponta seus holofotes para artistas candangos em latente consolidação: a banda Rios Voadores, que acaba de lançar segundo álbum, Rios Voadores na Era Sinistroyka, faz o show de estreia do novo trabalho. Ops e Azura são outros nomes do Distrito Federal que mostram no PicniK pela primeira vez seus novos trabalhos. A programação ainda conta com Kervan Sarai, Judas, Almirante Shiva, Zéfiro, João Pedreira, Tynkato vs O Baixo Astral, Igor Torres, Isaurian, SCLRN, Moon Pics, Vi-Nau, Zéfiro e os DJs Ogunda-O, Maiê e Helton Johhny mostrando a potência da cena brasiliense independente e sua capacidade de surpreender e dialogar com o público.

Ava Rocha

Parte do evento é viabilizado pelos inúmeros empreendedores criativos que participam do mercadinho de arte, moda e design e da praça de alimentação do evento, garantindo a conexão entre todas as vertentes do festival. A entrada é franca, promovendo um evento amplo e diverso, que busca inspirar pela beleza e harmonia. O convite está na mesa: se as coisas andam confusas, nada melhor do que celebrar e prestigiar uma realidade tangível através de uma experiência original e inusitada. Para conhecer a programação completa, clique aqui

Written by 

Matérias Relacionadas