Resenhas Shows 

Project46: Show insano e brutal em Santos

Na ultima sexta-feira (26) tive o imenso prazer de conferir e cobrir o show de uma das minhas bandas favoritas, Project46, na Tribal em Santos.

Noite meio chuvosa, porém a febre do show animava todos que estavam se dirigindo ao pico. Chego ao local por volta de 00:30, perdi as duas primeiras bandas, Agressão Verbal, que pelo que eu conheço e acompanho dos caras, aposto todas minhas fichas que arrebentaram e fizeram um puta show.

E Sinera, que estava tocando a ultima música assim que cheguei, uma pena, pois já vi alguns shows deles e os cara manda muito! Som de ótima qualidade e muito bem feito. Mostrando a cara da baixada santista de uma forma top!

A terceira banda a subir no palco foi a Awaking the Crowd, com letras em inglês e instrumental agressivo, deixaram os presentes eufóricos e agitados, mostraram realmente a que veio, porém acho que faltou um pouco mais de presença de palco dos integrantes.

Casa cheia, 2:30, sobe ao palco a banda ODUM, ouvi  falar muito dessa banda e com certeza era um dos destaques da noite, som bruto e muito bem entrosados, uma performance que me deixou maravilhado. Os caras souberam manter o publico em mãos, interagiam com muita freqüência com todos os presentes. Banda foda que me fez procurar mais sobre a mesma assim que cheguei  em casa. O som dos caras me lembra uma pegada de Pantera, valeu muito a pena ter visto a apresentação dos caras.

Era a vez da banda principal da noite subir ao palco, todos ansiosos para ver a brutalidade que o Project46 mostra, naturalmente.

Começaram sua apresentação com uma de minhas musicas favoritas, “Erro +55”. Já entraram arrebentando e botando tudo pra baixo. A molecada representando no mosh, muita pancadaria e agressividade. Eles tinham o publico em mãos e souberam manobrar isso com exatidão!

Project46, pra mim, é a melhor banda de metal nacional, o show dos cara é uma coisa descomunal e sem explicação. Continuaram sua apresentação tocando musicas do seu primeiro disco “Doa a Quem Doer” (2010) e do seu recém lançado disco “Que Seja Feita Nossa Vontade” (2014).

Rolou mosh, stage dive, circle pit e até mesmo um Wall Of Death no meio do show insano que a banda fazia. Não deixaram a desejar, fizeram um puta show deixando um gosto de “quero mais” em todos os presentes. Esse, com certeza, foi um show que entrou pra história da Tribal Club e de Santos. Insano.

Toda a equipe do site Rock de Verdade agradece a todos os envolvidos na organização dessa incrível festa na Tribal, simplesmente uma noite inesquecível como varias que já teve.

 

Autor/Editor: Allan Christian
Autor: Matheus Kuroski
Editor chefe: Will Batera
Fotos: Márcio Tavares

Written by 

Matérias Relacionadas