Notícias Politica 

Samuel Rosa do Skank faz criticas ao Jair Bolsonaro junto com Chuck Hipolitho e Liminha

Samuel Rosa, vocalista e guitarrista do Skank, fez críticas ao presidente da República, Jair Bolsonaro, ao compartilhar um vídeo de uma entrevista que gerou muita polêmica. Em conversa com jornalistas nessa última sextafeira (20), no Palácio do Planalto, o político demonstrou irritação ao falar sobre as investigações relacionadas a seu filho, o senador Flavio Bolsonaro.

O filho do presidente é investigado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro por desvio de dinheiro público. O órgão aponta Flavio Bolsonaro como o “líder de uma organização criminosa” responsável por lavagem de dinheiro por meio da prática de “rachadinha“. Outro envolvido seria seu ex-assessor parlamentar, Fabrício Queiroz.

No vídeo, Jair Bolsonaro demonstra irritação ao ser perguntado sobre o comprovante de um empréstimo de R$ 40 mil que afirmou ter feito a Queiroz. “Pô, rapaz, pergunta para a sua mãe (sobre) o comprovante que ela deu para o seu pai, tá certo?“, respondeu o presidente.

Em outro momento, ao ser perguntado sobre o que deveria acontecer com o filho caso seja confirmado que ele cometeu algum deslize, o presidente respondeu: “Você tem uma cara de homossexual terrível. Nem por isso eu te acuso de ser homossexual. Se bem que não é crime ser homossexual“.

Ao divulgar o vídeo com o trecho da entrevista, Samuel Rosa comentou: “Que coisa feia. Que falta de compostura, que falta de respeito com repórter, com um país. Onde vamos parar meu Deus? Eh uma criança ali ao lado? Perguntar não ofende, sabemos todos, menos o Senhor, ao que parece“.

Chuck Hipolitho, vocalista e guitarrista que integrou o Vespas Mandarinas, também comentou na publicação: “Não esperava nada menos desse cretino, um ser humano minúsculo. Vai passar, Samuel. Isso vai passar“.

Liminha, ex-baixista d’Os Mutantes e Rita Lee e produtor musical, também se manifestou: “Pior que conversa de botequim, esse cara é muito tosco mesmo“.

Confira:

Written by 

Matérias Relacionadas