Sound Bullet lança clipe de “Amanheci”

Uma mulher confrontada com seus desejos expressa através da dança suas vontades e memórias em um pequeno apartamento. Esse é o mote do clipe “Amanheci“, faixa que antecipa o clima e o amadurecimento da banda carioca Sound Bullet no esperado disco de estreia “Terreno“. O vídeo foi dirigido por Kenzo Giunto.

‘Amanheci’ trata sobre descobrimento, autoconhecimento e aprendizado a partir de um fato. O desejo é um desdobramento desse descobrimento, é a vontade que todo ser humano tem de repetir experiências positivas e aproveitar seu ser, ainda que novo a seus próprios olhos“, explica Henrique Wuensch, guitarrista da banda

Após o bem sucedido EP “Ninguém está sozinho” (2013), a banda formada por Guilherme Gonzalez (guitarra e voz), Fred Mattos (contrabaixo e voz), Pedro Mesquita (bateria) e Henrique ganhou destaque com o single “When It Goes Wrong“. Primeira faixa gravada com Henrique na banda, a música foi escolhida como representante mundial do Converse Rubber Tracks, alavancando a Sound Bullet para centenas de milhares de plays no Spotify. Foi uma época em que redefiniu sua identidade e tudo isso está visível em “Terreno“, álbum de estreia da banda que estará disponível nas principais plataformas de música digital via Sagitta Records nesta sexta-feira (29/09).

Nesses últimos anos vivemos uma nova fase, de maior liberdade dentro da nossa proposta musical, e fomos ousando cada vez mais pra fazer um disco que nos satisfizesse. “Terreno” é o resultado disso. E dentro desse caminho, ele conta uma história sobre humanidade, falibilidade, medo, coragem e alegria“, conta Fred Mattos.

“Amanheci” foi a primeira música composta integralmente com a participação de Henrique na banda e surgiu de um estudo de uma base harmônica de jazz. O clipe é baseado em uma dança livre da atriz Isabela Zaremba, coreografada por ela e Giuliana Cattapan, numa dança conjunta com a câmera do diretor Kenzo Giunto. O olhar dele trouxe uma mistura de intimidade e claustrofobia que dialogam com as temáticas que a banda procura no disco e na música: o papel de cada um na busca de uma sociedade melhor, empatia, as responsabilidades da vida adulta e as relações interpessoais e fraternais na vida urbana. Completa o elenco a atriz Larissa Serra.

Em todo o processo de criação do álbum, nós queríamos falar sobre temas mais complexos, de um ponto de vista que às vezes não é abordado. Essa parte do processo de criação foi muito interessante para nós, por nos colocar em situações diferentes e tentar dialogar com cada vez mais pessoas. No fundo, estamos falando de empatia. Nos colocamos em lugares diferentes para entender não só os outros, mas também a nós mesmos“, conclui o vocalista Guilherme Gonzalez.

Assista:

Foto: Pedro Arantes (Divulgação)

 

Deixar comentário(s)

comentários

Zeca

Procura no google