Resenhas 

Trilha Sonora de Sábado à Noite


 

Sábado à Noite foi lançado em 2012 pela Generale e está disponível nas melhores livrarias do país! Para mais informações (e uma olhadinha no primeiro capítulo), basta acessar o site da autora, BabiDewet.com.

 

Esse Cara Sou Eu? Me desculpa, Roberto… Mas o melhor compacto lançado em 2012 sem dúvidas é o da trilha sonora de Sábado à Noite, livro da estreante Babi Dewet! Gravado pela DeLorean, banda que sou muito fã, foram essas músicas – e o fato de que o nome faz referência ao segundo carro mais fantástico do cinema, sendo o primeiro a belíssima Ferrari do filme Curtindo a Vida Adoidado (claro) – que me motivaram a escrever esta resenha!

 

Em geral, os meninos buscam influência no Rock Clássico, assim como o McFly (cujas canções inspiraram a Babi). Considero o trabalho como uma releitura das músicas de uma geração que influenciou o nascimento de Grease. Sem parecerem antiquadas, “Ela é Incrível” e “A Menina” são exemplos do que estou falando e fazem qualquer um dançar como o Tom Cruise em Negócio Arriscado – mesmo que não esteja afim.

 

Ao Seu Lado” tem um som bem atual. A voz do vocalista, Pedro Magalhães, consegue captar o sentimento dentro de cada palavra que faz parte da letra, e o piano no fundo dá um feeling de Coldplay em The Scientist. “Não Podia” é a balada da seleção, e possui a letra mais teen da mesma. Escrita por Brenda Dewet – e cantada em dueto com ela –, a mesma observação para os vocais na faixa anterior serve aqui. Embora liricamente lembre trabalhos de garotas como Manu Gavassi, a instrumental é bastante rústica e deixa um tom de paz no ar, lembrando trabalhos do James Taylor.

 

Sábado à Noite”, faixa-título, encerra o trabalho com a alegria contagiante das primeiras músicas. O vocal em “Quando eu te falo que gosto de você” e o arroto (que marca a essência dos marotos de SAN) merecem uma atenção especial – e tenho certeza que a vibe aqui vai te lembrar o momento em que Marty McFly descobre o Rock and Roll no final do De Volta para o Futuro.

 

Idealizada por um grupo de jovens com bom gosto musical em evidência, “Sábado à Noite: Trilha Sonora” só deixa a desejar em sua duração (15 minutos é muito pouco!), mas é, com certeza, um dos melhores trabalhos nacionais dentro da música voltado para o público jovem – e se bem divulgada, promete pegar mais que o Michel Teló. Não é a toa que faz parte de um livro tão próximo de sua faixa etária quanto os filmes do John Hughes nos anos 80.

Written by 

Matérias Relacionadas