Entrevistas 

Max Cavalera conta como Ozzy Osbourne o fez não desistir da música

Após a separação de Max Cavalera com o Sepultura em 1996 o cantor ficou decidido a abandonar o mundo da música, no entanto, Ozzy Osbourne o fez reacender a chama novamente.

Em entrevista com a revista Metal Hammer, Max revelou como ele estava perto de desistir do ramo músical, enquanto discutia suas memórias de “Eye For An Eye“.

“Essa música salvou minha vida, praticamente,” admite Cavalera. “Lidando com a morte [do enteado de Max] Dana [em um acidente de carro em 1996] e me separando do Sepultura, eu estava farto da música – estava com o coração partido, com raiva, tinha havido muitas decepções. Gloria estava tentando me levantar, me colocar de volta no estado de espírito e me fazer escrever novamente. ”

Foi em uma conversa com o grande Ozzy Osbourne que Max Cavalera retomou a vontade de tocar novamente.

“Lembro que jantamos na casa de Ozzy e ele estava me contando que, quando foi expulso do Black Sabbath, ficou muito, muito desanimado, mas cabia a ele voltar por conta própria”, Max disse.

Após o incentivo, Cavalera pegou a guitarra e escreveu “Eye For An Eye,” primeira música da banda pós-Sepultura, de nome Soulfly. “Essa música praticamente salvou a minha vida,” revelou o cantor.

Max também ressaltou a importância que o single trouxe para sua nova banda: “É uma música importante para mim”, acrescentou Cavalera. “Fomos para Nova York e nos encontramos com Monte Connor [ex-vice-presidente de A&R da Roadrunner Records], tocamos essa e outra música para ele e ele assinou com o Soulfly na hora. É uma daquelas canções que nunca conseguirei escrever de novo.

Written by 

Matérias Relacionadas