Notícias 

Red Hot Chili Peppers não tocou de verdade na final do Super Bowl

Na apresentação do Red Hot Chili Peppers com Bruno Mars que aconteceu na final do Super Bowl no domingo, foi possível notar que os instrumentos musicais da banda não estavam conectados a nenhum cabo ou amplificador. Mas o baixista do grupo, Flea, publicou uma carta explicando a situação do show.

O começo da publicação traz Flea explicando como foi o acordo com NFL (Liga Nacional de Futebol Americano) sobre a performance. “Quando fomos convidados pela NFL e Bruno Mars para tocar nossa música ‘Give It Away‘ no Super Bowl, ficou claro para nós que os vocais seria ao vivo, mas o baixo, bateria e guitarra seriam pré -gravados”, disse Flea na primeira parte do texto.

“Eu entendo a posição da NFL sobre este assunto, dado que tem apenas alguns minutos para configurar o palco, lá um zilhão de coisas que poderiam dar errado e estragar o som para as pessoas que estavam assistindo no estádio e em casa. Não houve qualquer espaço para discussão sobre este assunto, a NFL não quer arriscar seu show e ser remendada por som ruim e ponto final”, complementou o músico.

Flea fechou a declaração mostrando gratidão a NFL e ao cantor Bruno Mars e disse: “Eu faria tudo da mesma forma novamente”.

Avatar

Written by 

Matérias Relacionadas