Resenha “Em dias assim” da banda Impéria

Flavius Deliberalli – Bateria, Felippe Deliberalli – Guitarra, Ricardo Ueno – Baixo, Marcio Deliberalli – Vocal.

Como prometido, aí vai nosso veredito final sobre “Em dias Assim“, então fique à vontade para ouvir e opinar sobre o disco de estréia do pessoal!

Primeiramente, O CD não é perfeito, trata-se de uma primeira impressão de um trabalho árduo, revigorador e ousado. Você pode relutar em ouvi-lo integralmente, às vezes, alguns trechos parecerão não passar por seus ouvidos.

Acontece que as audições parecerão se tornar melhores com o passar do tempo, a banda inova no estilo, trabalha em experiências musicais críticas e experimentais. O CD tem um enredo, passa por uma evolução dentro de si próprio e por fim mostra-se de uma qualidade que nos faz gostar muito do que ouvimos.

Em dia assim” começa com uma intro interessante, “K-Otica” deixa a impressão sonora de uma metrópole em meio ao caos, ou será que é apenas o vai e vem diário com alguns problemas corriqueiros como acidentes, sirenes e tudo mais? Não podemos saber, a faixa vai sem dar resposta, traz “Guerra sem sentido” como um bom “abre-alas” a música dá conta do recado. A música seguinte, intitula o disco “Em dias assim” começa com uma guitarra frenética, até então fazendo valer o CD, “O povo do caos” é aquela música lenta com uma guitarra bem pesada e lenta, ela leva tudo bem até o final.

A partir daí o CD te passa por “alta voltagem” bem rápido e direto, tal como em “Em dias assim“. “Dias de paz” é mais uma faixa lenta que deixa tudo mais calmo, algumas frases se tornam longas demais que poderiam ser melhor aproveitadas, para empolgar, sendo simples e diretas. “Nova terra” soa como uma introdução estendida para “Trilhas abertas” e “Sou o que sou” vem para terminar tudo com a melhor música da banda em nossas opiniões e sua versão “Sou o que sou- Sole novum” para finalizar em um tom bem calmo.

O Cd é bem definido tecnicamente, melodias bem trabalhadas, Riffs agressivos ou muito bem compostos, efeitos sonoros, vocais, cronologia e etc.

Mas, se mostra indefinido quanto ao gênero musical principal da banda, isso não chega a ser algo ruim, tendo em vista que a identidade, quando formada,com certeza apresentará-se singular e virá a preencher uma lacuna há muito tempo sem preenchimento no rock nacional.

Não deixem de curtir/seguir as páginas e de baixar o cd no site oficial!

Nota  8/10
Site oficial: www.bandaimperia.com
Reverb Nation: www.reverbnation.com/bandaimperia
Facebook – Fan Page: www.facebook.com/bandaimperia
twitter: @bandaimperia

 

Avatar

Written by 

Matérias Relacionadas