Resenhas 

65 anos de Johnny Ramone!

 

Hoje é dia de celebrar Johhny Ramone! Nascido John William Cummings há exatos 65 anos em Long Island (Nova York), o obstinado Johhny nunca engoliu o sucesso estrondoso alcançado pelos “imitadores” Sex Pistols e The Clash enquanto sua banda continuava tocando para 300 pessoas nos EUA. Passou os últimos 20 anos de sua vida rompido com Joey Ramone por ter roubado a namorada do vocalista, que nunca o perdoou.

 

De personalidade forte e controladora, ditava de forma inflexível os rumos da banda e causava controvérsia, mas nunca fez média ou concessões a ninguém. Para relembrar o “bem humorado” e “afável” “general” dos Ramones, uma entrevista em duas partes da banda para o saudoso Fúria Metal da também finada MTV, por ocasião da passagem da turnê “Acid Eaters” pelo Brasil em 1994.

 

 

Johhny teve tempo de presenciar um tardio reconhecimento ao legado da banda, quando compareceu a cerimônia de inclusão ao questionado Rock n Roll Hall of Fame em 2002.

 

Porém, o homem que impôs o uso de jeans, camiseta e jaqueta de couro ao grupo para não fazer propaganda de marcas não pôde ver com os próprios olhos a explosão de popularidade que o nome escolhido em homenagem a um pseudônimo de Paul McCartney experimentaria no campo da moda (quanta ironia) quase vinte anos após o fim do grupo.

 

 

Johhny Ramone partiu em 2004, depois de alguns anos lutando contra um câncer de próstata. Os Ramones haviam encerrado as atividades em 1996 e já tinham perdido Joey em 2001, vítima de um câncer linfático, e Dee Dee em 2002, por overdose.

 

Esse garotos desesperançosos e inconformados de Forest Hill não imaginavam a lenda que se tornariam depois que o primeiro “one, two, three, four” de Dee Dee Ramone ecoasse pelo CBGB’S.
 

Fonte: didiramonepunk.blogspot.com.br

Written by 

Matérias Relacionadas