Bandas 

Sr. Bamba



Formada na cidade de São Sebastião no início do ano de 2013, a banda Sr. Bamba é o resultado do reencontro entre os músicos, compositores e produtores musicais: Renatera e Mindu K. Após alguns anos tocando projetos individuais, os amigos se reencontraram em abril de 2013 e decidiram retomar a parceria estabelecida durante anos à frente de outras bandas do cenário paulistano.

Foi então que Renatera apresentou o projeto de um disco ao amigo Mindu K e ambos decidiram trabalhar juntos na escolha de repertório, formação da banda e produção de todo o disco “Os Bons Filhos à Casa Tornam“. O disco, um conjunto de 13 músicas autorais e inéditas que misturam elementos de rock, reggae, hip-hop e samba, chega mostrando uma sonoridade forte e autêntica e uma grande maturidade artística da banda, principalmente por se tratar de um disco de estréia.

Com o nome e a logomarca definidos, e a decisão de trabalharem juntos em um disco autoral, Mindu KRenatera partiram atrás de músicos qualificados para integrarem o projeto. O primeiro a se juntar à banda foi Carlinhos Bossolani, amigo que havia acompanhado Renatera em projetos anteriores e na composição das músicas. Carlinhos assumiu o violão e cavaco, acrescentando ritmo e balanço ao som. Gervásio Brito, baterista conhecido na cidade e amigo de Carlinhos Bossolani, foi convidado a assumir as baquetas da banda e, com Pedro Henrique Dias na percussão e R.Nunes nas pick ups, completaram a formação do primeiro ensaio do Sr. Bamba em estúdio, com: Renatera (Voz), Mindu K (Baixo), Carlinhos Bossolani (Violão/Cavaco), Gervásio Brito (Bateria), P.H. Dias (Percussão) e R. Nunes (programações).

Logo após o primeiro ensaio, a banda sentiu a necessidade de um guitarrista que trouxesse mais peso ao som. Alguns nomes foram testados, até que Bruno Nogueira, amigo de Gervásio Brito, chegou mostrando qualidade técnica indiscutível e encaixando-se perfeitamente ao que a banda esperava. Pedro Henrique Dias e R.Nunes deixaram de fazer parte do grupo e a banda decidiu acrescentar elementos que pudessem trazer ainda mais qualidade aos arranjos e novas composições. Neste momento, o time passou a contar com a colaboração do trombonista Bujinha e do trompetista Adilson do Espírito Santo, fazendo com que o som da banda ganhasse em arranjos diferenciados.

Nessa mesma época, Pipoo, DJ indicado por Gervásio Brito, aceitou o convite de Renatera e passou a fazer parte do Sr. Bamba, mesclando elementos eletrônicos ao som forte e orgânico da banda. Após os primeiros shows, por motivos pessoais, Gervásio Brito pediu para deixar a banda. O grupo decidiu convidar Alberto Negão, baterista de grande qualidade, para assumir a bateria. Assim, Alberto Negão chegou trazendo ainda mais peso ao som e fechando a formação do Sr. Bamba.

Site oficial: Srbamba.com.br
Facebook:  Facebook.com.br/Srbamba
Twitter: Twitter.com.br/srbambaoficial
Canal do YouTube: Youtube.com.br/srbamba

 

Avatar

Written by 

Procura no google

Matérias Relacionadas